NOTÍCIAS

 

11/01/2007
Responsabilidade

 

Projeto Crescer contabiliza importantes feitos para sociedade alagoana

 

foto da noticia
Por Riane Rodrigues

Tarefa cumprida! Assim podem comemorar aqueles que fazem parte de um dos projetos sociais de maior destaque dentro da Fundação Educacional Jayme de Altavila (Fejal): o Projeto Crescer.

Criado em 1993, o projeto tem como objetivo oferecer atividades educacionais e de entretenimento à comunidade. Atualmente, ele atende a 198 pessoas nos turnos da manhã, tarde e noite. Entre os beneficiados estão crianças, jovens, adultos e idosos.

São dezenas de atividades desenvolvidas, entre elas, destacam-se a Escola de Alfabetização para crianças; o Grupo Jovem, com orientações sobre sexualidade, acompanhamento psicológico e preparação para o primeiro emprego; Grupo de Catequese; Grupo de Mulheres, com orientações para a realização de trabalhos manuais; Grupo da Terceira Idade com o conjunto musical “Flor da Idade”; os Grupos Folclóricos que desenvolvem trabalhos com o Boi Tucum, o Pastoril “Divinas Pastoras” e o Baianal, também conhecido como samba-de-matuto.

Encerramento

Os fogos de artifício anunciaram a chegada dos integrantes do Projeto Crescer à Rua Cônego Machado, onde dezenas de pessoas esperavam pelas apresentações dos grupos culturais. Uma comitiva intitulada Caminhada da Paz encerrou, em grande estilo, as atividades realizadas durante o ano de 2006. Em dezembro, o tema mais explorado não podia ser outro: o Natal.

Na ocasião, muita música, dança e encenações natalinas. A festa reuniu direção, funcionários e curiosos, que se encantavam com as exibições e, aos poucos, foram lotando a rua.

O vice-diretor do Cesmac, Douglas Apratto, falou sobre a importância da iniciativa para a Instituição. “Esse é o objetivo de uma unidade de ensino do porte do Centro de Estudos Superiores de Maceió. Com esse estreitamento de relações, onde temos contato com a comunidade melhoramos, também, a qualidade de vida”, disse.

Em um palco montado pela Fejal/Cesmac, os expectadores puderam conferir as cantigas dos doutores do ABC, formados naquela manhã de 20 de dezembro, a peça teatral que abordou a violência entre crianças e o Grupo de Mulheres, que passou o último mês do ano levando mensagens de Natal à comunidade próxima da Instituição.

Para Andréia da Silva, funcionária da Instituição há 13 anos, a comemoração foi uma grande iniciativa. “Hoje estamos tendo a oportunidade de conferir esse belo trabalho, além de ter um contato mais próximo com os moradores da comunidade que convivemos todos os dias”, destacou.

Dedicação e amor ao que faz. Assim, o coordenador do Projeto Crescer, Brancildes Galdino, vem desenvolvendo as atividades junto às dezenas de pessoas assistidas. Para ele, a iniciativa ficará marcada na memória de todos os envolvidos com o evento. “Foi uma atividade ímpar para todos aqueles que fazem parte dessa idéia”, afirmou.


Foto: Alunos do Projeto Crescer na formatura do ABC

 

 

 

Buscar conteúdo
Buscar
Buscar

 

publicidade

Destaque
Observamais Observamais © 2002 - 2014 - Desenvolvimento WEB - CTI/FEJAL